Reunião da Frente remarcada com o ministro do STF: 22/10/2010

Olá a todos e todas!

Como puderam acompanhar aqui no blog, a reunião da “Frente pela procedência da ADIn 1.923/98 e contra as OS’s” com o Sr. Ayres Britto, ministro do Supremo Tribunal Federal – STF, que havia sido marcada para 21/09, acabou sendo desmarcada.

Agora, com muito contento anunciamos que a reunião foi remarcada para 22 de outubro de 2010, em Brasília.

Lembrando que os objetivos principais da Frente para com a reunião são:

a) Entregar o abaixo-assinado e a carta assinada pelas entidades em apoio a  aprovação da ADIn 1.923, que contesta a “lei das OS”;

b) Relatar os problemas que usuários do SUS e seus trabalhadores têm enfrentado com essa modalidade de gestão;

c) Discutir como esse modelo fragmentador vai na contramão da construção do Sistema Único de Saúde.

Ou seja, ainda está em tempo de colher as assinaturas no abaixo-assinado e das organizações assinarem a carta dirigida aos ministros do STF. Basta seguir as instruções encontradas na postagem logo abaixo desta ou clicando aqui.

Se alguma organização quiser coletar assinaturas ao abaixo-assinado de pessoas que têm dificuldade em utilizar Internet, não há problema: basta coletar as assinaturas em papel mesmo, pegando o nome da pessoa e número de R.G. ou de C.P.F., e enviar por carta ao nosso endereço:

Fórum Popular de Saúde do Paraná

Rua Marechal Deodoro, 314, 8º andar – bairro Centro – Curitiba/PR

CEP 80010-010

A partir disso nós mesmos inserimos as assinaturas no abaixo-assinado!

A Frente em Números

Em 23 de agosto de 2011 já são 7.377 assinaturas no abaixo-assinado, 407 entidades, movimentos e mandatos subscrevendo a carta ao STF  e muitos comentários riquíssimos no BLOG e no abaixo-assinado sobre os problemas das OS’s.

Continuamos tentando marcar a audiência com o STF, continuando com a campanha de assinaturas do abaixo-assinado e da carta.

Para fortalecer a luta pretendemos receber  500 assinaturas de entidades e 10.000 adesões ao abaixo-assinado!
Contamos com você!
Assine individualmente o abaixo-assinado e divulgue a seus companheiros e companheiras para assinar também!

E se você participa de alguma entidade/organização, avalie com os seus pares a assinatura da carta!