Fraude em OSCIP de Londrina

Mais uma vez vemos OSCIPs  envolvidas em esquemas de fraudes. Privatizar não é a solução para os problemas das políticas públicas, tem é que garantir um sistema 100% público e estatal, com recursos em quantidade suficiente… porque não adianta “desfinanciar” e precarizar (não fazer concurso, baixos salários e etc), e ai dizer que o problema é gestão.

———————————————————————————————-

Três empresários de Londrina ainda são procurados pela Polícia Federal e deverão ser detidos nas próximas horas. Eles completam a lista de 14 nomes que tiveram a prisão temporária decretada pela Justiça no processo aberto pela Polícia Federal junto com a Controladoria Geral da União e apoio da Receita Federal.

Na manhã desta terça-feira (11), foi preso o proprietário da Faculdade Inesul, Dinocarme Aparecido Lima, e a mulher dele, Verginia Mariani, além de uma empregada da família. Ao todo, foram cumpridos onze mandados de prisão – dos quais seis em Londrina, quatro em Curitiba e um em Apucarana.

Eles são investigados por desvio de dinheiro por meio de uma entidade, o Centro Integrado de Apoio Profissional (CIAP), que é terceirizado pela Prefeitura de Londrina para prestar atendimento profissional em quatro setores do serviço público: Samu, Policlínica, Controle de Endemias e programa Saúde da Família.

Central no Paraná

O Ciap é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), que faz parceria para a prestação de serviços junto ao poder público (prefeituras, Estados e União). O centro da organização criminosa, segundo a PF, ficava no Paraná, com ramificações nos Estados de São Paulo, Goiás, Maranhão e Pará.

Segundo as investigações realizadas desde o ano passado, a quadrilha será indiciada por peculato, lavagem de dinheiro e fraude em licitação. Estão bloqueadas, por ordem judicial, todas as contas bancárias da organização Ciap e suas empresas coligadas. Além disso, policiais federais apreenderam nesta terça-feira dois aviões e vários veículos.

Agência Londrix

As informações foram dadas durante entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (11) na sede da Polícia Federal em Londrina pelo superintende da PF, Evaristo Kuceki, pelo coordenador da Controladoria Geral da União, Israel Carvalho, e pelo delegado da Receita Federal em Londrina, Sérgio Nunes.

Fonte: http://www.londrix.com.br/noticias.php?id=68452

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s